Google+ Followers

Igreja Evangélica Congregacional de Vila Mury

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

você tem valor!

“Não se vendem cinco pardais por duas moedinhas? Contudo, nenhum
deles é esquecido por Deus. Até os cabelos da cabeça de vocês estão
todos contados. Não tenham medo; vocês valem mais do que muitos
pardais!”
                                                                                                                  Lucas 12:6-7
Jesus continua nos assegurando do cuidado que Deus Pai tem para
conosco. Devemos temer a Deus, como ele nos alertou nas palavras
anteriores. Mas, não porque ele nos ameaça e muito menos porque ele
deixará de cuidar de nós. Muito pelo contrário, de toda a criação
dEle, somos a parte mais preciosa. Naquela época como hoje, o
pardal praticamente não tinha valor. Mas, para Deus, até o pardal
merece seu cuidado. Quanto mais o homem feito em sua semelhança.
Você pode se sentir desprezado, ignorado ou até ameaçado por
homens. No entanto, para Deus, você tem um valor incalculável. Para
lhe salvar ele pagou o preço mais alto que podia - a vida de seu
filho Jesus. Confie em Deus. Ele confiou em você!

segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

o que falar?

“Quando vocês forem levados às sinagogas e diante dos
governantes e das autoridades, não se preocupem com a forma pela
qual se defenderão, ou com o que dirão, pois naquela hora o
Espírito Santo lhes ensinará o que deverão dizer”.
                                                                             Lucas 12:11-12


Às vezes ficamos calados porque não sabemos o que falar. Isso
parece prudência, mas, quando se trata de testemunhar sobre Jesus,
não é. Ficamos preocupados que alguém pode nos perguntar sobre uma
questão complexa de doutrina ou pedir uma resposta bíblica que
ainda não sabemos. No medo de dizer algo errado, muitos acabam se
calando. Com o tempo se torna mais fácil deixar tudo para o pastor.
E tem pastor que prefere assim. Jesus nunca ensinou isso! A melhor
escola de aprendizagem de conhecimento Cristão é a da confissão de
Jesus. Quanto mais falamos de Jesus, mais vamos encontrar dúvidas e
desafios. Mas, são justamente essas dúvidas e desafios que nos
levam a investigar e estudar e aprender. Há vezes em que, como
Jesus prometeu aos discípulos, o Espírito Santo nos dará uma
resposta que nem sabíamos que sabíamos. No entanto, se a resposta
não vier na hora, não tem problema. É uma oportunidade para mostrar
humildade, reconhecer nossa falta de conhecimento, e ensinar às
pessoas como se busca sabedoria - recorrendo à Bíblia. Deus pode
não dar a resposta na hora, mas, ele dará a quem busca nEle e na
sua Palavra. Quanto mais você falar de Jesus, mais você descobrirá
sobre ele. Afinal, não é isso que todos nós queremos?

quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

quem me confessar diante dos homens...

“Eu lhes digo: Quem me confessar diante dos homens, também o
Filho do homem o confessará diante dos anjos de Deus. Mas aquele
que me negar diante dos homens será negado diante dos anjos de
Deus. Todo aquele que disser uma palavra contra o Filho do homem
será perdoado, mas quem blasfemar contra o Espírito Santo não será
perdoado.”                                     Lucas 12:8-10


Diariamente, semanalmente, mês após mês, ano após ano temos a
oportunidade de testemunhar sobre Jesus. Damos nosso testemunho com
palavras, ações e atitudes. Revelamos quem é Jesus para nós com
aquilo que dissemos e aquilo que deixamos de dizer; com palavras e
também com silêncio. Quando estamos na fila do caixa do
supermercado, na pequena aglomeração na parada do ônibus, diante do
bebedouro no trabalho ou com colegas na escola, quantas vezes
alguém escolhe falar de Jesus? Não é falando da igreja, do coral,
da mocidade ou da campanha para arrecadar alimentos, mas,
simplesmente de Jesus. Será que este silêncio ensurdecedor não é
ouvido lá no céu? Falamos de família, namorados, jogos, política,
dinheiro, e assim por diante o dia todo, mas quando é que vamos
falar de Jesus? O que é que nosso silêncio significa para aquele
que deu sua vida por nós? Ninguém ameaçou Pedro na noite em que ele
negou Jesus. Não precisavam. Pedro já sabia o que as pessoas
pensavam do Mestre. Por isso ele o negou. O homem que estava pronto
para morrer a fio da espada se rendeu diante da simples opinião
contrária de seus similares. E os outros discípulos? Evidentemente,
ficaram calados. E nós? Quanto é que realmente estamos confessando
nosso Senhor diante dos homens? O que é que nosso silêncio
significa para Jesus?

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

QUAL A SUA POSIÇÃO?

“Aquele que não está comigo é contra mim, e aquele que comigo
não ajunta, espalha.”
                                 Lucas 11:23







Hoje em dia, exclusivismo não é bem visto. Não é "politicamente
correto". No entanto, o Cristianismo que Jesus ensinou é um
movimento exclusivista. Ou você está dentro ou fora, luta a favor
ou contra. E, não é só aqueles que lutam contra Jesus que
prejudicam o progresso do Evangelho. É também os que não decidem,
que esperam e deliberam enquanto os servos do Senhor travam a
batalha. Alguns, ao observarem Jesus realizando obras poderosas, o
criticaram. Outros acreditaram e começaram a seguir. Outros ainda
aguardaram para ver o que mais Jesus faria. Porém, Jesus não nos
chama somente para pensar e refletir. Ele nos chama a decidir e
agir. Não há nenhum muro para sentar entre o reino das trevas e o
Reino dos Céus. Está na hora de decidir e agir. Na verdade você já
está num campo ou no outro. Sua presença e tudo que você faz ou não
faz, já está tendo um impacto eterno. Sua vida está levando pessoas
para onde?



hermeneutica

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

felicidade em Cristo

Dirigindo-se aos seus discípulos, Jesus acrescentou: “Portanto eu lhes digo: Não se preocupem com sua própria vida, quanto ao que comer; nem com seu próprio corpo, quanto ao que vestir. A vida é mais importante do que a comida, e o corpo, mais do que as roupas. Observem os corvos: não semeiam nem colhem, não têm armazéns nem celeiros; contudo, Deus os alimenta. E vocês têm muito mais valor do que as aves! Quem de vocês, por mais que se preocupe, pode acrescentar uma hora que seja à sua vida? Visto que vocês não podem sequer fazer uma coisa tão pequena, por que se preocupar com o restante? “Observem como crescem os lírios. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu lhes digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles. Se Deus veste assim a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada ao fogo, quanto mais vestirá vocês, homens de pequena fé!
                                                                                                                 Lucas 12:22-28

Um menino pobre, brincando com uma latinha no chão que ele
imagina ser uma caminhonete, é feliz da vida. Outro menino, com um
guarda-roupa transbordando de brinquedos, agoniza de ciúme de um
amigo que tem um carrinho elétrico de modelo mais novo que o dele.
Qual a diferença? Um está satisfeito com o que tem, o outro nunca o
será. Para alguns, bastante nunca será o suficiente. O mesmo
acontece com Cristãos. Alguém convence um cristão de que ele tem
direito a uma carro, uma casa, uma formação teológica ou certo
cargo na igreja. Outro cristão tem pouco e acha muito. Quem está
mais feliz com Deus? Contentamento não é algo obtido com dinheiro
ou esforço. Ele vem de uma decisão que está ao alcance de todos.
Não é fácil chegar a esse contentamento com todo o consumismo
pregado fora e dentro da igreja. No entanto, de acordo com Jesus, o
contentamento está à disposição de todos. O que precisamos não é
mais coisas, e sim, mais confiança em Deus. Uma boa medida da nossa
confiança em Deus é justamente nosso contentamento com tudo que ele
já nos deu.

hermeneutica

quarta-feira, 13 de novembro de 2013

LIBERDADE OU CONDENAÇÃO?


“Aquele que lhes dá ouvidos, está me dando ouvidos; aquele que
os rejeita, está me rejeitando; mas aquele que me rejeita, está
rejeitando aquele que me enviou”.
                                                                         Lucas 10:16

REFLEXÃO
William Barclay em seu comentário sobre Lucas escreveu "É algo
terrível rejeitar o convite de Deus. Em certo sentido cada promessa
de Deus que um homem tem ouvido pode virar sua condenação. Se ele
receber essas promessas elas serão para sua maior glória. Mas, cada
uma que ele rejeitar um dia virará testemunha contra ele." Quando
aquele amigo seu, ou sua mãe ou seu irmão lhe chamou para seguir a
Jesus, você só ouviu a voz deles. Na verdade, era o Criador do
Universo lhe chamando. E quando por contrariedade ou preguiça, você
ignorou aquele chamado, era o Rei dos Reis que você estava
ignorando. Você não sabia na época. Mas hoje, se você acreditar em
Jesus, você sabe. Agora, quem leva a mensagem é você. Quem decide
se vai chamar mais uma vez é você. O que Jesus falou aqui para os
discípulos não foi para o benefício dos perdidos. Eles não estavam
nem aí e certamente não iam acreditar em Quem estava chamando.
Jesus falou para lembrar a cada discípulo da enorme
responsabilidade que carrega ao convidar pessoas para seguirem a
Jesus. Vamos fazer um chamado digno da honra que Deus tem nos dado!


hermeneutica

terça-feira, 29 de outubro de 2013

o pecado te tira do caminho


"E se o seu pé o fizer tropeçar, corte-o. É melhor entrar na vida aleijado do que, tendo os dois pés, ser lançado no inferno."
                                 Marcos 9:45

Reflexão:
Na Bíblia os pés freqüentemente são associados a atos
pecaminosos (Sl 9:15; Pr 1:16; 5:5; 6:18; Isa 59:7; Rom 3:15). A
mão (v. 43) só pode tocar onde o pé se aproximar. Ambos os membros
do corpo estão envolvidos diretamente em tudo que o homem faz.
Obviamente, não são os pés por si só que levam ao pecado. Eles
apenas obedecem à mente. Algo tão precioso, necessário e útil como
o pé é dispensável se comparado à alma. Faz sentido o cirurgião
amputar um membro do corpo infectado ou atrofiado por doença para
preservar a vida de um paciente. Seguindo esta lógica Jesus nos
chama a ter uma atitude igualmente radical em relação ao pecado. Se
vacilamos e debatemos, se analisamos e adiamos, nunca vamos tirar a
atitude ou vício que nos leva a desobedecer a Jesus. Não é o pé ou
a mão, mas, a disposição dentro de nós de brincar com o pecado que
terá um fim trágico. Vamos escutar e acatar a exortação de Jesus.
Se houver uma área na sua vida que precisa de uma cirurgia radical,
entregue hoje ao Médico dos médicos. Peça para Jesus tirar aquilo
da sua vida e lhe mostrar o que você precisa fazer para deixar de
uma vez por todas este pecado. E determine hoje que seus pés
andarão de agora em diante em outra direção atrás de um propósito
eterno (Rom 10:15).


hermeneutica

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

FIDELIDADE A DEUS.

Num lugar muito bonito, onde havia árvores, flores e um lindo lago...
Certo dia surgiu um casulo...
E quando ele se rompeu, de dentro saiu voando uma linda libélula.
E ela ficou tão encantada com o lugar, que voou por cada pedacinho...
Brincou nas flores, nas árvores, no lago, nas nuvens...

E quando ela já tinha conhecido tudo... no alto de uma colina, avistou uma casa... A casa do homem... e a libélula havia de conhecer a casa do homem...
e foi voando pra lá....
E então, a libélula entrou por uma janela, justo a janela da cozinha...
E nesse dia, uma grande festa era preparada
Um homem com um chapéu branco...grande...dava ordens para os criados...
Mas a libélula não se preocupou com isso, brincou entre os cristais, se viu na bandeja de prata, explorou cada pedacinho daquele novo mundo...

Quando de repente, ela viu sobre a mesa...uma tigela cheia de nuvens!!!
E a libélula não resistiu, ela tinha adorado brincar nas nuvens... e mergulhou....
Mas quando ela mergulhou...ahhhhhh...aquilo não eram nuvens, e ela foi ficando toda grudada, e quanto mais ela se mexia tentando escapar... ahhhhhh ...mais ela afundava....

E a libélula então começou a rezar, fazia promessas e dizia que se conseguisse sair dali, dedicaria o resto de seus dias a ajudar os insetos voadores...e ela rezava e pedia...
Até que o chefe da cozinha começou a ouvir um barulhinho, e ele não sabia que era a libélula rezando e quando olhou na tigela de claras em neve... arghhhh um inseto!!! E ele pegou a libélula e a atirou pela janela...
A libélula então, se arrastou para um pedacinho de grama, e sob o sol começou a se limpar... e quando ela se viu liberta... ahhhhh ela estava tão cansada que se virou pra Deus e disse:

- Eu prometi dedicar o resto de minha vida a ajudar os outros insetos voadores, mas agora eu estou tão cansada, que prometo cumprir minha promessa a partir de amanhã...

E a libélula adormeceu... Mas o que ela não sabia, e você talvez não sabe, é que as libélulas vivem apenas um dia... E naquele pedacinho de grama, a libélula adormeceu, e não mais acordou....

Bem, você um privilegiado de Deus ganhou naturalmente alguns bons
dias para dar uma volta pelo lindo planeta azul,  se você tem alguma promessa
não cumprida quando foi salvo num momentos difícil ...não espere para amanhã!
A gente nunca sabe quantos dias.  Sendo assim te desejo um...
 
Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos. Cumpre o voto que fazes.  Melhor e que não votes do que votes e não cumpras.
Ec 5:4-5

sexta-feira, 18 de outubro de 2013

O MAIS IMPORTANTE!

"buscai, pois, em primeiro lugar, o seu reino e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas" (Mateus 6:33).


Um jovem perguntou ao professor da Escola Bíblica, que era proprietário de uma loja de calçados, outra de roupas femininas e um pequeno supermercado: "Como consegue tempo para a Escola Bíblica, sendo dono de vários negócios?" O professor respondeu: "Na verdade, a Escola Bíblica é meu único negócio. Os outros são pequenos interesses pessoais que completam a minha vida."

Qual tem sido o nosso negócio neste mundo? Ganhar dinheiro? Alcançar notoriedade? Realizar grandes sonhos pessoais? E depois? O que acontecerá depois de alcançarmos tudo isso?

Muitas vezes esquecemos que o mundo é passageiro, que nossa vida tem um limite de anos, que breve tudo isso passará, que iremos estar frente a frente com Deus. E o que apresentaremos? Nosso extrato bancário? Nossos diplomas e prêmios recebidos? um DVD com os melhores momentos de nossa passagem na terra?

A única coisa que o Senhor nosso Deus desejará receber de nós é o testemunho de uma vida santa, de um coração puro e transformado, a indicação de que temos Jesus como Senhor e Salvador e o nosso nome está escrito nos Céus. Teremos isso para apresentar? Poderemos ouvir do Senhor, "Vinde, bendito de meu Pai, pode entrar... sua morada está preparada!"

Gastamos tanto tempo investindo em coisas materiais que, às vezes, esquecemos das espirituais. Um homem rico pode não ser feliz -- um homem pobre, que tem Jesus no coração, sempre será feliz! Um homem culto, ganhador do Prêmio Nobel, pode não ser feliz -- um homem sem muito conhecimento, a não ser de que Jesus Cristo é o Rei dos reis e Senhor dos senhores, caminha em veredas de felicidade! Um homem que realiza todos os sonhos materiais, e é aplaudido pelo mundo, pode não ser feliz -- um homem que dá pequenos passos ao lado de Jesus, vai deitar-se com um sorriso nos lábios, louvando e agradecendo a Deus!

Quando nosso negócio é servir a Jesus, podemos ser ricos, famosos e ter todos os sonhos realizados -- sendo muito felizes!


Paulo Barbosa

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

copo de água

"Eu lhes digo a verdade: Quem lhes der um copo de água em meu
nome, por vocês pertencerem a Cristo, de modo nenhum perderá a sua
recompensa."
-- Marcos 9:41



REFLEXÃO:
Já recebeu alguma ajuda de alguém que não lhe conhecia
simplesmente porque você veio em nome de Jesus? É uma das bênçãos
mais sublimes da vida. Quanto menos a pessoa lhe conhecer melhor.
Quando um total estranho lhe oferece ajuda simplesmente porque você
é um discípulo de Jesus, é como se o próprio Deus abrisse a cortina
das nuvens e sussurrasse "meu povo está em todo lugar". Jesus acaba
de falar com os discípulos sobre consideração para com um
desconhecido que servia em nome dEle (9:39-40). Agora, ele vira a
moeda e fala de como Deus retribuirá quem demonstrar esta
consideração. O ponto não é de persuadir seus seguidores com uma
oferta de galardão. O ponto é que Deus vê tudo, até o ato mais
simples como a oferta de um copo d'água. As mais gritantes
injustiças não escapam sua vista, nem os atos mais modestos de
carinho e consideração. Entre um extremo e o outro o Cristão
caminha rumo ao céu. Ele não está sozinho - nem deve deixar outros
se sentirem assim.

hermeneutica

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

reino dividido não prospera.

 
Jesus estava expulsando um demônio que era mudo. Quando o
demônio saiu, o mudo falou, e a multidão ficou admirada. Mas alguns
deles disseram: “É por Belzebu, o príncipe dos demônios, que ele
expulsa demônios”. Outros o punham à prova, pedindo-lhe um sinal do
céu. Jesus, conhecendo os seus pensamentos, disse-lhes: “Todo reino
dividido contra si mesmo será arruinado, e uma casa dividida contra
si mesma cairá. Se Satanás está dividido contra si mesmo, como o
seu reino pode subsistir? Digo isso porque vocês estão dizendo que
expulso demônios por Belzebu."
                                                                                         Lucas 11:14-18
 
Reflexão:
   Não foi o “ex-mudo”, muito menos o demônio expelido que acusou
Jesus de operar milagres pelo poder de Satanás. Se tivessem falado,
teriam testemunhado a glória de Jesus. Quem falou foram homens que
viram Jesus realizando milagres que o povo admirava. O interesse
daqueles homens não era nem a verdade nem a cura – era a atenção do
povo. Foi por isso que eles reagiram. Quando nós reagimos contra
algo, na igreja ou no ministério de um irmão, qual o nosso
verdadeiro motivo? Como Jesus disse, uma casa dividida contra si
cairá. Isso é verdade tanto em relação às obras do maligno, como às
obras da luz. Quando Cristãos brigam, se dividem e estragam o
trabalho de outros servos do Senhor, só há um resultado - um reino
dividido. Jesus alertou contra falsos profetas e obras (Mt 7:15-16;
24:4-5). É preciso provar os espíritos (1 João 4:1). Mas, tomemos
cuidado para que nosso combate seja contra o inimigo e não contra
nossos irmãos e verdadeiros companheiros na guerra espiritual. E
oremos para que nossos motivos no combate sejam sempre puros. Se um
ou outro cresce ou se torna mais popular, pouco importa, desde que
a glória seja para Jesus.

hermeneutica

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

ACREDITE






Jesus os advertiu severamente que não contassem isso a ninguém.
E disse: “É necessário que o Filho do homem sofra muitas coisas e
seja rejeitado pelos líderes religiosos, pelos chefes dos
sacerdotes e pelos mestres da lei, seja morto e ressuscite no
terceiro dia”.                                                                      Lucas 9:21-22

Temos que admirar Jesus. Na mesma conversa ele proibe os
discípulos de divulgarem que ele é o Messias, e os adverte em
detalhes de tudo que ele terá que sofrer. Aquele que devia ser
honrado e glorificado será ignorado e eventualmente morto de forma
brutal. Aqueles que mereciam ser julgados, os líderes religiosos,
vão continuar sendo honrados e respeitados. Por que Jesus fez isso?
Por que ele admitiu sofrer toda esta injustiça? Porque era a única
forma pela qual ele poderia alcançar seu objetivo - entregar sua
vida e pagar o mais alto preço exigido pelos nossos pecados. Não
importa o que fizermos, não há nada que Jesus não possa perdoar, a
não ser a recusa de acreditar no amor dEle. Isso sim nos coloca
além do alcance dEle. Isso sim consiste num pecado imperdoável, não
porque Jesus não quer perdoar, mas, porque nós não conseguimos
acreditar. Vendo o que Jesus fez, se você pode acreditar, então
você já está dentro do alcance da graça. Creia em Jesus e siga
adiante. O resto ele já fez.