Google+ Followers

Igreja Evangélica Congregacional de Vila Mury

segunda-feira, 24 de junho de 2013

lendo a palavra com entendimento

Certo sábado, enquanto Jesus passava pelas lavouras de cereal,
seus discípulos começaram a colher e a debulhar espigas com as
mãos, comendo os grãos. Alguns fariseus perguntaram: “Por que vocês
estão fazendo o que não é permitido no sábado?” Jesus lhes
respondeu: “Vocês nunca leram o que fez Davi, quando ele e seus
companheiros estavam com fome?”                                   Lucas 6:1-3
Reflexão: “Vocês nunca leram...?” Jesus indagou. É claro que eles leram. Jesus estava falando com os “mestres” do seu dia. Eram os homens que mais conheciam a Palavra de Deus. Eles reverenciavam as Escrituras ao ponto de destruir um carissimo rolo de papiro se uma só letra do torá estivesse fora do lugar. A intenção deles era seguir a risco tudo que Deus mandou. Mas, todo seu zelo foi em vão. Leram, mas não entenderam. Ouviram o Mestre dos mestres, mas não O aceitaram. Se não lermos a Palavra de Deus com o Espírito de Deus seremos cegos e surdos. O que entrará em nossas cabeças não será a vontade de Deus, e sim letras mortas e palavras inúteis, porque não encontrarão uma vontade para ouvir o Altíssimo quando ele fala. Temos que pedir constantemente que Deus nos conceda ouvidos para ouvir e um coração disposto a agir quando o Senhor chamar. Você tem pedido para Deus falar com você? Ou você procura apenas conforto para suas aflições e confirmação daquilo que você já sabe e sempre ouviu? Você está pronto para receber o vinho novo que Jesus quer derramar em seu coração?

texto hermeneutica

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Os lenços do Senhor

“O que vem a mim, de maneira nenhuma o lançarei fora.”     (João 6:37)


“O jovem caminhava de um lado para o outro no trem, parecendo muito nervoso. Então um senhor, que há algum tempo o observava, perguntou: ‘Meu rapaz, por que está tão angustiado? me conte, talvez eu possa ajudar’. Então o  rapaz falou: ‘Há muito tempo, deixei minha família, minha casa e fui morar longe. Tentei uma vida independente, mas me dei mal e agora resolvi voltar, então escrevi uma carta pedindo que meu pai me recebesse de volta e avisei que estaria neste trem. Pedi a ele, caso concordasse com minha volta, que amarrasse um lenço branco em um galho bem alto da árvore que fica na frente da casa. O que me angustia é que estamos chegando à fazenda e tenho receio de olhar e não ver nenhum lenço. Aí saberei que meu pai não me perdoou e terei que seguir viagem não sei para onde’. O senhor então lhe falou: ‘Fique tranquilo, meu jovem... abaixe a cabeça e feche os olhos, que eu ficarei na janela, olharei para a fazenda e lhe darei a notícia’. Quando se aproximaram do lugar onde o pai do rapaz morava, o senhor colocou-se na janela. Assim que o trem acabou de passar, o rapaz perguntou: ‘E então? Está vendo um lenço branco na árvore’? O homem respondeu: ‘Não... na verdade, não. O que vejo são todas as árvores da fazenda cobertas de lençóis brancos, há panos brancos pendurados em toda a extensão da cerca da fazenda, todos os animais estão cobertos de branco, o telhado da casa está coberto de branco e há várias pessoas no quintal acenando com lenços brancos’.”
O amor de Deus é infinito! Ele odeia o pecado, mas ama o pecador e faz de tudo
para trazê-lo de volta. Ele jamais rejeita a quem o procura. Portanto, esteja como
estiver a sua vida, não espere nem mais um minuto: volte agora mesmo para
Deus!

texto do sabidinho(Pr Gérson Moura) adaptado por Ádamo

quinta-feira, 13 de junho de 2013

decisão

“Também havia muitos leprosos em Israel no tempo de Eliseu, o
profeta; todavia, nenhum deles foi purificado somente Naamã, o
sírio”. Todos os que estavam na sinagoga ficaram furiosos quando
ouviram isso. Levantaram-se, expulsaram-no da cidade e o levaram
até o topo da colina sobre a qual fora construída a cidade, a fim
de atirá-lo precipício abaixo. Mas Jesus passou por entre eles e
retirou-se.                                                                        Lucas 4:27-30


Como Fred Craddock comentou "Raiva e violência são a última defesa daqueles que têm que encarar a verdade das suas próprias
tradições ... às vezes fazemos vitimas daqueles que são culpados de
apenas falar a verdade em amor." Jesus condenou o povo Judeu? Não,
ele apenas os alertou para o fato de que, se continuassem a
rejeitar os mensageiros que Deus enviava, Deus buscaria outros
povos que aceitariam sua ajuda. Um dia aqueles mensageiros não
chamariam mais. A rejeição de Deus tem conseqüências. Elas podem
demorar a chegar, mas, chegarão. Pelo que sabemos, Jesus nunca mais
voltou a Nazaré. Quando Deus nos chama para mudança, é sempre para
o nosso bem. Às vezes a mudança é agradável e prazeroso. Às vezes é
difícil e doe. Nem por isso deve ser adiada. Uma vez que a ninguém
pertence o amanhã, a hora para responder a Deus é agora. Se Deus
lhe chama hoje, não presuma que você ainda terá amanhã para
responder...

fonte: hermeneutica texto adaptado

quinta-feira, 6 de junho de 2013

NÃO ACEITE AQUILO QUE NÃO É PRA VOCÊ

Em 1 Samuel 17:38,39  Então Saul vestiu Davi com sua própria túnica. Colocou-lhe uma armadura e um capacete de bronze na cabeça.Davi prendeu sua espada sobre a túnica e tentou andar, pois não estava acostumado àquilo. E disse a Saul: "Não consigo andar com isto, pois não estou acostumado". Assim tirou tudo aquilo,
Saul oferece a sua própria armadura para o jovem Davi. Fico imaginando que a armadura de batalha do rei devia ser algo esplendido. A melhor que havia, afinal de contas iria proteger a vida do rei de uma poderosa nação. Devia ser de um tipo de metal mais resistente, um design mais moderno e estratégico da época, mais bonito. Mas imagino também aquele pequeno jovem tentando se encontrar dentro daquela armadura e quando comprova que não se encaixa em sua estrutura física simplesmente recusa a oferta do rei, pega seu cajado e vai para o ribeiro.
Que grande lição que Davi nos dá nesta passagem. Ele não se importou em assumir que não tinha costume com aquele tipo de traje. Ele não se importou em recusar uma oferta do rei. Ele não se envergonhou de quem ele era, ou do que tinha conhecimento, ou do que estava em suas mãos. Davi rapidamente reconheceu que aquela armadura por mais bem feita, bonita ou eficiente que fosse o impediria de caminhar. Impedia de cumprir aquilo que Deus colocou em seu coração e o ensinou ao longo do seu devocional diário.
Muitas vezes, nós cristãos não conseguimos recusar ofertas que são nos feita por que foram feitas por alguém que julgamos ser importante.
Muitas vezes aceitamos sugestões em como proceder diante de algumas situações de pessoas amedrontadas, pessoas com pouca experiência com Deus, com pouca fé ou confiança N'Ele.
Muitas vezes aceitamos armaduras que não cabe em nós, não se ajusta ao padrão que o Senhor nos formou e nos quer.
Muitas vezes até almejamos armaduras bonitas, modernas mas que não fica bem em nós, que não foram feitas para nós.
Seja um cristão sábio que confia no Senhor e na sua palavra. Firma-se nas experiências diárias que Deus te proporciona e quando lhe for oferecido algo, rapidamente saiba discernir se cabe na posição que Deus te chamou e quer te colocar. Não deixe que nada a impeça que você caminhe na direção daquilo que o Senhor colocou em seu coração. Não deixe que nada te impeça em cumprir o propósito de Deus para sua vida e a vida se sua família.
Seja Sábio

fonte: estudos.gospelmais.com.br adaptado